Aiiii, que azia nos olhos!!

Todo mundo que escreve um texto acadêmico busca a publicação dele. Seja um TCC, um artigo, uma monografia, uma dissertação ou uma tese, a publicação é a meta. Imaginem publicar um texto cheio de “erros de português”? Isso tira a credibilidade do texto e, principalmente, do autor do texto. Na carona dessa “incredibilidade”, também vai o orientador, que, mesmo cheio de tarefas, orientando vinte ou trinta ao mesmo tempo, acaba, também, levando a culpa pela produção mal escrita.

Há bancas que não perdoam e sentam o sarrafo no texto mal escrito. Ler um texto assim é sentir a legítima “azia nos olhos”, faz até mal para o leitor, que se sente incomodado. Mesmo não entendendo tanto de gramática, qualquer leitor está apto a se incomodar muito com um texto mal escrito, seja porque não consegue compreendê-lo, seja porque o cérebro se incomoda em ver palavras escritas numa ortografia errada ou frases que não fazem o mínimo sentido.

A revisão textual serve justamente para resolver esses problemas e deixar seu texto “descendo redondo”, sem dar azia aos olhos de quem lê.

Revisão é investimento, inclusive, na sua carreira como escritor, pois, quem lança qualquer coisa, demonstra que É qualquer coisa.

Revisão de texto

Por mais que se diga que a língua escrita está em constante mutação, há um aspecto muito relevante e que ainda permanece: todos os textos institucionais (como livros, trabalhos acadêmicos, traduções) devem seguir as normas gramaticais. Isso confere credibilidade ao texto e ao autor. Mais do que isso, a norma culta da língua portuguesa é uma forma de manter uma unidade geográfica, porque, por exemplo, o que é escrito no Rio Grande do Sul, se for corretamente escrito, poderá ser entendido em qualquer parte do nosso país. Isso quer dizer que essa língua escrita permite um entendimento em todas as regiões do Brasil, se nela forem aplicadas as corretas normas gramaticais.

Pensando nisso tudo, considere que, por mais que você escreva bem, por vezes passam alguns problemas – que serão adequadamente corrigidos por meio da leitura técnica de profissionais habilitados para isso. Quem são esses profissionais? Os revisores.

Nosso trabalho é justamente tornar o seu texto perfeito, pronto para ser apreciado pelos Leitores em qualquer lugar do nosso país.

A revisão de textos ou revisão textual é o trabalho que oferecemos para você.

Mesmos escritores que dominam a Língua Portuguesa tem seus textos revisados, seja por um amigo também escritor, seja por um revisor profissional que trabalhe na editora.

Geralmente, as editoras primam muito pela norma culta e, salvo raras exceções, não lançam seus materiais antes de passar pelo crivo de um bom revisor.

Também as Bancas de Trabalhos de Conclusão, Dissertação e Tese exigem que o seu trabalho esteja dentro da norma culta e das normas ABNT (ou similares). Nenhuma faculdade quer ter, em seu acervo, trabalhos com problemas ortográficos, pois isso diminui o valor da própria instituição. Isso sem falar que o olhar do leitor vai ser sempre antipático quando o texto estiver cheio de erros. Sua nota pode depender disso.

Em outras palavras, você escreve, solta sua imaginação, mas, a parte mais chata, a de adequar o seu texto às normas gramaticais, nós fazemos por você!